Quarto de bebê pelo MeyerCortez

“O quarto do bebê é o tipo de projeto em que todo mundo naturalmente espera o melhor. Para além de ser bonito, precisa ser também prático, acolhedor e seguro e isso é levado muito a sério por nós”, conta a designer de interiores Natália Meyer, que no momento está grávida.

MeyerCortez

Algumas sugestões básicas para uma aventura neste ambiente:

• A melhor economia não é comprar móveis necessariamente baratos, mas de qualidade e com potencial para serem usados por mais tempo do que apenas na primeira infância. Ao fazer esta opção, a vantagem virá a longo prazo, pois não será necessário investir em mobiliário novo nos próximos anos. Como exemplo, podemos pensar em um berço que vire mini cama e em cômoda com a possibilidade de trocador em cima. Madeira em tons neutros, como branco, bege ou o tom natural é sempre uma decisão inteligente e que otimiza.

• O mais importante: a segurança – Tudo o que for comprar para esse tipo de projeto precisa estar certificado e seguindo as regras de segurança. O trocador, por exemplo, deve estar em uma altura que o adulto não tenha que se abaixar para cuidar do bebê e o berço, obviamente, precisa ser escolhido com a máxima atenção: grades devem ter um espaço de 6 cm entre uma e outra para que a criança não prenda mãos e pés entre os vãos, o colchão precisa ter a espessura de – no máximo – 12 cm e densidade D18, tanto a pintura quanto o verniz (depende do tratamento que se queira dar à peça) devem ser feitas com material absolutamente atóxico e, por fim, as bordas e partes salientes devem ser arredondadas ou chanfradas.

• Papéis de parede e pisos de madeira: a escolha pode se guiar tanto por um que perdure e, neste caso, deve ser neutro, quanto por um de motivos infantis e mais fofos. De forma geral, caem muito bem em cômodos como esse. Quanto ao piso, uma boa madeira, fácil de limpar é ideal porque deixa mais aquecido nos dias frios.

• Tenha uma boa cômoda: talvez um dos principais móveis do quarto do bebê, podendo ser utilizada para guardar roupas, acessórios variados e ainda servir de apoio para o trocador.

• Customize algum item: além de imprimir um toque original, pode ser uma atividade lúdica e, sem dúvida, um ato de carinho pensar em uma peça feita pelos pais especialmente para a criança que está chegando na família. Um origami, bandeirinhas, bandeja. Enfim, o que seu talento e habilidade permitir porque o que conta aqui é o ato.

A arquiteta Danielle Cortez e a designer de interiores Natália Meyer se conhecem desde a infância e, após seguirem caminhos profissionais diferentes, resolveram juntar seus talentos e abrir o escritório MeyerCortez Arquitetura e Design. Com projetos inspiradores há 10 anos e, entre os muitos residenciais e comerciais, se destacam os ambientes infantis acolhedores, pensados para facilitar a vida tanto dos pequenos quanto dos pais. Essa expertise foi fundamental para assinarem os Espaços Família de shoppings como o Higienópolis, SP Market e Cidade Jardim.

Serviço:
MeyerCortez Arquitetura & Design
(11) 5093-1538
http://www.meyercortez.com



 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.