Lareiras por Carmem Avila

Para subir a temperatura: arquiteta Carmem Avila reúne dicas sobre os principais tipos lareiras

Carmem Avila
Com a chegada do inverno, a lareira passa a ser um dos objetos de desejo para espantar o frio. Além de aquecer e deixar o ambiente ainda mais aconchegante, é inegável o charme que a lareira traz para o décor. Mas diante das diversas versões, qual o melhor modelo?

Para ajudar na escolha, a arquiteta Carmem Avila, do escritório Carmem Avila Arquitetura, reúnesugestões em um guia que aborda os principais tipos – à lenha, ecológica e à gás –, bem com suas características.

Lareira à lenha – A mais tradicional das lareiras, daquelas que assistimos nos filmes, demanda mão de obra especializada para execução, que deve incluir a utilização de tijolo refratário, duto de exaustão e chaminé para saída da fumaça. “É perfeita para quem aprecia o ritual de acender a lareira e apreciar o perfume aromático da madeira durante a queima”, conta Carmem. Ao escolher essa opção, é necessário estocar lenha em casa e realizar a retirada das cinzas no dia seguinte. Entre as vantagens, a arquiteta ressalta o calor emitido, que aquece o espaço de maneira uniforme. Todavia, ela ressalta um ponto importante para a utilização em apartamentos. “Nesse caso, o modelo só pode ser adotado se estiver previsto pela construtora”, alerta.

Lareira ecológica – Este tipo de lareira utiliza o etanol ou gel fluído como combustível e é extremamente prática e fácil de instalar, podendo até ser portátil. Como ponto positivo para sua adoção está o fato de ser ecologicamente correta por não produzir fumaça, resíduos ou inalantes. Com potência mediana, “não é a melhor opção se sua região é realmente muito fria”, recomenda a profissional.

Lareira à gás – O modelo dispensa o uso de dutos de exaustão e é de fácil manuseio – tão prática como acender uma boca de fogão – e algumas são controladas até por controle remoto. Antes de comprar, recomenda-se verificar qual o tipo de alimentação à gás disponível no imóvel (casa ou aparta mento), haja vista o modelo precisa ser compatível. Assim como a versão à lenha, a lareira à gás necessita de mão de obra especializada para instalação.

Serviço:
Carmem Avila Arquitetura
(11) 3641-3957
https://www.carmemavila.com.br/



 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.